Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

Follow by Email

Seguidores

VAMOS TREINAR?

Instagram

Translate

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

CONDICIONAMENTO FÍSICO

Resultado de imagem para condicionamento físico

Todos os dias as pessoas buscam atingir o auge de um estilo de vida mais saudável. Isso tem sido estimulado por médicos, especialmente por cardiologistas, ao recomendar o exercício físico como principal protetor do sistema cardiovascular. Os endocrinologistas, por sua vez, consideram o tratamento de primeira linha para distúrbios como a síndrome metabólica e um grande aliado para manter os níveis de glicose mais baixos em pessoas diabéticas. Já os fisiatras e reumatologistas indicam pela capacidade protetora de uma boa massa muscular sobre as articulações, ao mesmo tempo oferecem ao paciente uma maior resistência física diminuindo a rigidez e o próprio cansaço dessas doenças.


Caminhar é uma atividade física aeróbica que pode ser realizada por qualquer pessoa. A sociedade americana de cardiologia considera que ao caminhar 30 minutos por dia três vezes por semana a pessoa deixa de ser sedentária.
As atividades físicas mais populares são as aeróbicas. Nelas se desenvolve a resistência, a coordenação e o ritmo. Este exercício é especialmente muito bom para o coração e para os pulmões. Existe uma variante da aeróbica conhecida como Step que durante a atividade se sobe e desce de forma rítmica em um banco ou alguma altura. 

A atividade aeróbica também pode ser realizada em diversos equipamentos que acabaram de sair no mercado, como é o caso das bicicletas ergométricas, elípticas e as esteiras. Outras atividades combinam movimentos aeróbicos com a prática do boxe e de outras artes marciais como é o caso do Tae Bo e do Fit Combat, e inclusive os aeróbicos com bicicleta como no Spinning.

Existem outras práticas que buscam a resistência sem que haja tanto deslocamento. Este é o caso das técnicas de Pilates e TRX, que utilizam faixa elástica, bolas e pesos durante suas práticas.

Os efeitos do condicionamento físico no organismo são inúmeros, aumenta o rendimento e a resistência física, fortalece a musculatura, queima a gordura, melhora o funcionamento cardíaco, diminui a frequência cardíaca e a pressão arterial, aumenta a capacidade respiratória e consequentemente a oxigenação, melhora a coordenação e o equilíbrio, e finalmente, embora não menos importante, diminui o estresse e a ansiedade que melhoram o funcionamento do sistema imunológico contribuindo com a proteção do organismo perante as doenças.

CONDICIONAMENTO FÍSICO: 
DO INÍCIO AO ALTO RENDIMENTO

O desafio em aprimorar o funcionamento do corpo humano para um melhor rendimento é fascinante para qualquer profissional. Um convite feito para colaborar na preparação física de um atleta de alto nível, após um longo tempo afastado (18 meses) devido três cirurgias, que poderiam comprometer seu futuro esportivo, aumenta ainda mais o desafio. Todas as dificuldades encontradas neste contexto não se tornam relevantes quando o principal envolvido tem uma força interior que podemos chamar de determinação ou o simples “querer”. Este é um exemplo bastante familiar que podemos aproveitar para entender como o ser humano encontra formas de se aprimorar e desenvolver a performance humana.

A performance humana deve ser entendida no funcionamento do corpo humano. Desde um sedentário buscando a melhora do condicionamento físico para saúde e prevenção de doenças como um atleta na busca incessante da melhor forma. A eficiência dos programas de condicionamento físico está diretamente relacionada com os estudos da ciência do esporte e da atividade física para uma melhor execução dos exercícios.

Os benefícios promovidos pela pratica regular de atividade física dependem diretamente de uma relação entre o treinamento e uma adequada recuperação entre as sessões. A necessidade deste equilíbrio faz com que o exercício físico possa ser comparado ao um remédio – que depende de sua dose para ser eficaz ou não.

A diferença entre o remédio e o veneno é a dose ingerida, exatamente como a intensidade inadequada de exercício físico. Pode ser ineficiente por ser leve demais ou de baixa intensidade. Porém, com intensidades acima do qual o praticante encontra-se capaz para o momento do treinamento, pode aumentar a probabilidade de lesões ou algum problema de saúde.

A recuperação adequada entre as sessões de treinamento envolve sono, alimentação e tem relação direta com a duração e a intensidade de cada sessão realizada. Neste caso, devemos lembrar que em qualquer atividade durante o dia deve ser levado em conta um programa adequado, ficando claro que o resultado final (melhora do condicionamento físico) não é alcançado com incansáveis sessões de treinamento, mas sim com um programa adequado às necessidades individuais de cada praticante.

O profissional de Educação Física, tendo conhecimento sobre a importância que existe entre a atividade física somada à alimentação adequada, sono e descanso com qualidade para objetivar sempre a melhora da saúde, seja do atleta de alto nível para melhora de sua performance esportiva ou para um sedentário na melhora de sua performance humana, saberá prescrever o treinamento adequadamente, respeitando cada indivíduo, suas limitações, capacidades, níveis de treinamento, para que haja resultados positivos para a saúde.

ESTRATÉRGIAS PARA MELHORAR O CONDICIONAMENTO FÍSICO


O estilo de vida adotado, atualmente, pela maioria das pessoas, está norteado no sedentarismo, aliado ao uso crescente da tecnologia, leva milhares de pessoas a inatividade. Com isso, o condicionamento físico da população está bem abaixo do esperado. 

Os exercícios físicos e atividades físicas colocam o seu corpo em movimento. A melhora do condicionamento físico é obtida com programas de exercícios físicos, nesses programas devemos dar atenção aos exercícios aeróbios e musculares. Essa preocupação é primordial, já que perdemos força, decorrente a não utilização dos músculos com frequência quando estamos sedentários e prejudicamos nosso sistema cardiorrespiratório quando deixamos de nos movimentar. Isso causa o surgimento de doenças ao longo dos anos. 

Recomendamos, exercícios integrados, como circuito de exercícios, aeróbios e musculares para melhorar o condicionamento físico. 

Publicidade


Existem muitos exercícios aeróbios que melhoram o seu condicionamento físico, exemplos: caminhadas, trotes, treinos de mudanças de velocidades entre trotes e caminhada, pedalar, nadar, correr, patinar. Exemplos de exercícios musculares para melhorar o seu condicionamento físico: musculação, exercícios funcionais, ginástica localizada. Os treinos integrados, onde trabalham exercícios aeróbios e musculares são muito interessantes, já desenvolvem as duas capacidades físicas, musculares e aeróbia, alguns exemplos são os treinos com Kettlebell, equipamento muito eficiente para melhorar o condicionamento físico, treinos de Crossfit, treinamento funcional. 

Os melhores exercícios irão depender do atual nível de condicionamento físico que você está. Em indivíduos sedentários recomendamos atividades para melhor adaptar ao treinamento, como a natação, musculação, caminhas, ginástica localizada, pedalar. Essas atividades irão preparar o seu corpo para treinamento mais específicos, muito importante obedecer uma progressão de cargas e intensidade dos treinos. Primeiro preparamos o organismo, e após isso iremos aumentar gradativamente a intensidades dos treinos. 

É possível melhorar o condicionamento físico cada vez mais. É importante que as pessoas realizem uma avaliação de movimento e cardiorrespiratória para que o treinador possa traçar um plano de treinos mais eficiente e adequado ao seu condicionamento físico. 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) nos recomenda: 

Para condicionamento físico e benefícios importantes à saúde, um adulto precisa de pelo menos: 

Atividade de fortalecimento muscular em dois ou mais dias na semana que trabalhem todos os grupos musculares principais
E de 150 minutos semanais de exercícios físicos aeróbicos de intensidade moderada, como caminhada rápida (para pessoas com menos condicionamento físico) ou jogging leve (para pessoas com mais condicionamento físico).
Ou: 
-75 minutos semanais de exercícios físicos de intensidade vigorosa, mistura equivalente de exercícios físicos moderados ou vigorosos (aeróbios e musculares, exemplo: circuitos de exercícios, Kettlebell, treinamentos funcionais). 

Para mais condicionamento físico e benefícios à saúde ainda maiores: 

Exercícios de fortalecimento muscular em dois ou mais dias na semana que trabalhem todos os grupos musculares principais, e 300 minutos semanais de exercícios físicos aeróbicos de intensidade moderada, como caminhada rápida (para pessoas com menos condicionamento físico) ou trote (para pessoas com mais condicionamento físico).
Ou: 
-150 minutos semanais de exercícios físicos de intensidade vigorosa como corrida. 


É muito importante a orientação e a prescrição do treinamento por um profissional de Educação Física, pois ele tem uma formação em fisiologia, cinesiologia, biomecânica e conhece os princípios de treinamento para formatar o melhor treino de acordo com a sua aptidão física, condicionamento físico atual, idade, sexo, condições de saúde.

Ref:especialista Fernanda Andrade 
EDUCAÇÃO FÍSICA - CREF 51670/SP

Nenhum comentário:

CAUCULE SEU IMC-Clique na imagem!

CAUCULE SEU IMC-Clique na imagem!
Índice De Massa Corpórea

Projeto social comunitário, com foco no esporte social!...-CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA ESSE PROJETO!

Projeto social comunitário, com foco no esporte social!...-CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA ESSE PROJETO!
FUTEBOL E CIDADANIIA...AJUDEM!

SALVE O PLANETA

SALVE O PLANETA
Preserve o meio-ambiente!...Clique na Imagem!